Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LA in my heart ♥

07
Ago15

Histórias à Cabeceira #7

 

Sinopse:
 
"Para Gideon, eu sou um anjo, mas ele é o verdadeiro milagre na minha vida: é o meu guerreiro, arrebatador e ferido, tão determinado em acabar com os meus demónios como hesitante em enfrentar os seus.

Os votos que trocámos deviam ter-nos unido mais do que tudo, mas, em vez disso, abriram feridas antigas, expuseram dores e inseguranças, e tiraram da sombra velhos inimigos. Sinto que ele me está a escapar; os meus maiores medos começam a tornar-se reais; o meu amor é testado de formas que nunca julguei conseguir suportar.

No melhor momento das nossas vidas, as sombras do passado invadiram e ameaçaram tudo aquilo por que tanto lutámos. Enfrentámos então uma escolha terrível: a familiar segurança das vidas que tínhamos antes de nos apaixonarmos ou a luta por um futuro que, de repente, parecia um sonho impossível e sem esperança."
16
Jul15

Histórias à Cabeceira #6

 

Acho que já meio mundo sabe, mas se não sabem, a Lesley Pearse é a minha autora favorita e está na minha wishlist ter um bate papo com esta senhora, algum dia na minha vida. Quanto ao livro, mais uma vez fantástico! Pertencem à trilogia que narra a história de Belle, se bem que desta vez, o livro é mais centrado para a sua filha, Mariette. A Mariette é uma nariz empinado no início do livro, confesso que não gostava nada dela e me perguntava (tal como a Belle) como é que aquela criatura tinha saído do ventre de uma pessoa tão bondosa como a Belle. Até que a Mariette vai emigrar para Inglaterra e durante a sua estadia rebenta a 2ª Guerra Mundial. Mais uma vez, tenho a confessar, é o período da história que mais adoro e era uma das razões pelas quais ansiava ler este livro. Não desiludiu, claro está! As personagens da Lesley são sempre bastante sofridas e acho que a Mariette foi a personagem dela que maior transformação sofreu e eu gostei disso. Amei a parte do fim em que ela se demonstra extremamente corajosa e acabei por amar a Mariette, apesar de a Belle ser a Belle e que faz ter uma inveja danada do casamento dela com o Étienne. Também quero um franciu para mim e que seja assim (eheh)!! Bom, como é óbvio, está mais que recomendado. 

 

Sinopse:

"1938. A Nova Zelândia é um país belo e tranquilo. Um paraíso de onde Mariette, filha de Belle e de Étienne, só pensa em fugir. Cansada da tacanhez da pequena cidade onde vive, ela está disposta a embarcar para a Europa mesmo sabendo que essa viagem poderá ser-lhe fatal. O mundo prepara-se para a guerra, mas, para a irreverente Mariette, ficar é uma alternativa bem pior.

Chegada a Londres, a jovem depressa se deixa encantar pelas suas tentações e esquece o breve vislumbre que teve do amor. Londres é tudo aquilo com que sempre sonhou. Mas a noite do seu vigésimo-primeiro aniversário vai mudar tudo. Os violentos bombardeamentos nazis transformam a cidade mais vibrante da Europa num pesadelo de terror, devastação e morte. Pela primeira vez, ela sente o peso esmagador da solidão. É dos escombros da guerra, porém, que emergirá uma nova Mariette. A adolescente egoísta dá lugar a uma mulher forte, madura e abnegada que está disposta a tudo - até a morrer - para ajudar os mais desprotegidos. E é no seu momento mais vulnerável que o amor lhe bate à porta. Um amor tão inquieto e desesperado quanto o mundo que a rodeia."

 

28
Mar15

Histórias à Cabeceira #5

 Há muitooooooooo, muito tempo que andava louca por ler este livro EM INGLÊS e estou simplesmente a adorar! Quando o comecei a ler, na mesma semana saiu o trailer do filme que vai haver e acho que não podiam ter escolhido melhor pessoa para a Margo, quanto ao Quentin, só Deus o dirá! 

 

Fiquem com o trailer e talvez percebam um pouquinho da história:

 

04
Mar15

Histórias à Cabeceira #4

 Sim, estou a lê-lo em inglês! Admito que é só porque vou ter de fazer uma apresentação oral para a minha turma, mas há muito tempo que queria começar a ler os meus livros em inglês, não só para o melhorar a todos os níveis como também descobri que são muitissímo mais baratos. Depois deste, tenho de ler outro para outra cadeira também em inglês, está tudo tramado porque longe estão os dias em que eu tinha tempo de ler mais de 300 páginas por dia... Wish me luck!